h1

O vinho reaviva as nossas alegrias

agosto 16th, 2011

 “O vinho molha e tempera os espíritos e acalma as preocupações da mente. Ele reaviva nossas alegrias e é o óleo para a chama da vida que se apaga. Se você bebe moderadamente em pequenos goles de cada vez, o vinho gotejará em seus pulmões como o mais doce orvalho da manhã. Assim, então, o vinho não viola a razão, mas sim nos convida gentilmente à uma agradável alegria.”

SÓCRATES (470-399 a.C.)

Se Sócrates já dizia isso, quem somos nós para contrariar?

Aos apreciadores da bebida é bem comum o nome Baco (nome latino) ou Dionísio (nome grego), reconhecido como deus do vinho e da embriaguez, da colheita e da fertilidade.

Segundo a lenda, quando adulto, Baco descobriu as vinhas e seu uso. Com os ensinamentos da deusa Cibele, ele andou pelo mundo ensinando aos homens o trato da videira e a arte de preparar o vinho.

O hábito de tomar vinho se espalhou pelo mundo por conta do bem-estar que produz e até mesmo as pessoas que não bebem regularmente ou são fãs de outras bebidas, reconhecem o vinho como uma bebida saudável, desde que seja consumido com moderação.

O vinho concentra um poder mágico de despertar desde um breve interesse até uma verdadeira paixão. Em cada taça, em cada momento, ele nos reserva surpresas, que nos levam a uma viagem de sensações.

E para bom entendedor, vinho tem data e lugar: de 15 a 25 de setembro, na linda e acolhedora Petrópolis!

Leave a Comment